Tag: ajuda

Sensibilidade nos dentes? Aqui está o tratamento mais efetivo e seguro!

Te dá aquela invejinha quando você vê alguém morder um picolé e nem fazer cara feia por causa de sensibilidade nos dentes? Pois é, esse desconforto não acontece com todo mundo, mas é incômodo para a maior parte das pessoas: cerca de 57% da população adulta. Isso acontece quando ocorre uma erosão do esmalte do dente e quando a gengiva se retrai.

 

Mas calma! Se você sofre desse mal que é a sensibilidade nos dentes, fique tranquilo porque existe tratamento. É sobre isso que falaremos neste artigo. Acompanhe!

 

O que é sensibilidade nos dentes

Como dissemos acima, pode acontecer em duas circunstâncias. No primeiro caso, é quando ocorre dano à capa dentária, que deixa de ser impermeável. Assim, a dentina, estrutura mais profunda do dente, começa a ficar exposta. Por ser cheia de terminações nervosas, quando entram em contato com altas ou baixas temperaturas, disparam sinais dolorosos.

 

O segundo caso tem a ver com a gengiva que, quando agredida por bactérias ou por uma escovação brusca demais, inflama e se retrai. Quando isso acontece, ela diminui de tamanho e deixa a raiz do dente, que não tem esmalte, descoberta. Como a dentina também fica exposta, causa sensibilidade nos dentes ao entrar em contato com alimentos em extremos de temperatura.

 

O que aumenta a sensibilidade nos dentes

Já explicamos o que acontece para causar o desconforto, mas existem alguns gatilhos que aumentam ainda mais a dor de quem já sofre com o problema. Separamos uma lista dos mais comuns:

 

Má higiene

 

Restos de comida dão brecha a bactérias por trás de erosão dentária, retração das gengivas e cáries – causando a exposição da dentina e a sensibilidade nos dentes.

 

Escovação bruta

Mão pesada na hora da limpeza bucal faz a gengiva se retrair em busca de proteção, deixando a sensível dentina e causando dor.

 

Dente quebrado

Uma rachadura ou o buraco de uma obturação que caiu são o suficiente para expor a dentina e provocar dor.

 

Mas então, o que fazer para melhorar? É isso que vamos te explicar…

 

Sensibilidade nos dentes: tratamento

Realmente existe alguns meios para tratar a sensibilidade. É preciso se atentar e realmente seguir à risca essas recomendações para não precisar mais ficar sem tomar sorvete ou aquele chocolate quente.

 

Visita ao dentista

Restaurações com resina líquida substituem o esmalte lesado. Em outros casos, tenta-se até pôr a gengiva de volta no lugar com cirurgia.

 

Cerdas macias

Há escovas disponíveis que facilitam uma higienização bucal mais delicada. Assim, a gengiva para de recuar e a dentina é preservada.

 

Enxaguante com flúor

A substância reforça os prismas que integram o esmalte e o deixam impermeável. Já pastas específicas para sensibilidade trazem efeito anestésico.

 

É importante procurar um profissional de confiança e, claro, comparecer em todas as consultas de retorno. E se quiser saber mais sobre sensibilidade nos dentes, entre em contato com a gente e agende uma avaliação. Temos excelentes profissionais para te atender! Clique aqui!

 

Abraços,

Clínica Ichiban.

Dentista em Londrina | Clínica Ichiban | Precisão Oriental em Odontologia

5 Hábitos que danificam os dentes e você não sabe

Manter a saúde bucal perfeita não é uma tarefa simples para ninguém, apesar de alguns hábitos diários realmente prevenirem males maiores, ainda existem outras ações que danificam os dentes e que pouca gente sabe. E se você já mantém os cuidados básicos corretamente, mas seus dentes ainda não possuem a saúde que você deseja, é bem provável que você esteja errando em alguns dos aspectos abaixo.

 

Saúde mental

Pouca gente sabe que a saúde mental é um dos fatores que, se negligenciada, danificam os dentes. O estresse e a ansiedade são os campeões, em excesso podem chegar a causar até a queda! Foi o caso da atriz Demi Moore que compartilhou a história e explicou que dois de seus dentes quebraram devido a baixa imunidade causada pelo excesso de estresse.

 

Assim como todo o corpo, seus dentes precisam de vitaminas, minerais e nutrientes para estarem saudável. E como sabemos, a saúde mental é uma grande responsável por manter  o organismo em perfeito funcionamento. Se há disfunção nas substâncias cerebrais é provável que isso será refletido em todo o corpo, inclusive na sua saúde bucal. A depressão também afeta a rotina de cuidados dentais, uma vez que pode impedir o indivíduo a possuir o mínimo cuidado com a saúde.

 

Ranger os dentes

Pode parecer meio óbvio, mas quem possui o hábito desde a infância, nem mesmo se dá conta de quando está rangendo os dentes. Não é apenas em situações de estresse, ranger os dentes durante a noite e corriqueiramente é comum para várias pessoas e é um dos hábitos que mais danificam os dentes. Aos que possuem o problema, evitar alimentos e sucos cítricos é de grande ajuda, mas acima de tudo, entrar em contato com um dentista para descobrir a solução ideal para seu problema.

 

Existem vários motivos que podem estar te levando a ranger os dentes e o dentista é um dos profissionais que pode te auxiliar de forma perfeita para resolver a situação e evitar o desgaste exagerado.

 

Alimentação inadequada

Nós já falamos algumas vezes sobre alimentos que podem manchar os dentes e os que também podem ajudar a branquear. Mas a alimentação adequada e balanceada é mais importante do que apenas a influência na coloração dental. A falta de alimentos antiinflamatórios e antioxidantes na dieta pode desequilibrar o microbioma bucal e causar uma série de problemas, sem contar as cáries que são causadas pelo excesso de doce. Procure manter uma alimentação equilibrada e saudável pela saúde de seu corpo e de seu sorriso. 🙂

 

Falta de rotina

A rotina de cuidados bucais é um dos fatores mais importantes para manter a saúde bucal, escovar os dentes corretamente e com as ferramentas adequadas, usar o fio dental e enxaguante bucal são alguns dos exemplos que não só não danificam os dentes, mas auxiliam para manter a boca saudável. É importante escolher as ferramentas corretas (escova, enxaguante  e pasta de dente ideais) e adequar uma rotina perfeita para você e para o que a sua boca precisa. Uma boa dica é conversar com seu dentista e juntos definirem os melhores hábitos diários para você!

 

Não manter frequência no dentista

Pode parecer suspeito ouvir isso de um dentista, mas a verdade é que muita gente não sabe a importância de manter a frequência no ortodontista. Manter frequência em um dentista de confiança é tão importante quanto escovar os dentes todos os dias, evita problemas graves e ajuda a manter sua saúde bucal verdadeiramente perfeita.

 

Quer uma dica de onde você pode encontrar o dentista ideal para você e juntos descobrir quais são os hábitos perfeitos para manter sua boca saudável? Nós podemos te ajudar, é só entrar em contato neste link: clinicaichiban.com.br/contato/ Lembrando que qualquer dúvida você também pode perguntar! Pode ser por aqui, ou por telefone: tel.

 

Abraços,

Clínica Ichiban